quinta-feira, 14 de dezembro de 2017

O Capital - apresentação na ocupação Povo Sem Medo em Guarulhos



O Arlequins continuando com a abertura de processo para o público da montagem do espetáculo "O Capital - entrada proibida, exceto para negócios". Agora na ocupação Povo Sem Medo, em Guarulhos.

16 de dezembro, sábado, às 18h

Evoé!

com: Alexandre Garcia, Ana Maria Quintal, Danielle Agostinho

direção: Sérgio Santiago

O Capital na Escola DIEESE de Ciências do Trabalho



Dando continuidade à abertura de processo ao público da atual montagem do Arlequins, de “O Capital – entrada proibida, exceto para negócios”, na sexta feira (24/11) estivemos na Escola DIEESE de Ciências do Trabalho.

Evoé!

Alexandre Garcia, Ana Maria Quintal, Danielle Agostinho
Sérgio Santiago
Marisa Quintal

quinta-feira, 16 de novembro de 2017

O Capital – entrada proibida, exceto para negócios

É com muita alegria que no próximo domingo, dia 19 de novembro, o Arlequins fará sua primeira abertura de processo ao público da montagem de “O Capital – entrada proibida, exceto para negócios”, no IV Encontro Internacional de Teatro Comunitário, no Rio de Janeiro.
Esse encontro acontecerá de 17 a 24 de novembro.

Confira a intensa e belíssima programação:
https://www.facebook.com/encontrodeteatrocomunitariodoriodejaneiro/

Museu Nacional Quinta da Boa Vista
São Cristóvão – Rio de Janeiro (RJ)
19/11 – domingo – 17h
entrada grátis

Amigos, moradores no Rio, esperamos por vocês!
Evoé!
A luta continua.

com: Alexandre Garcia, Ana Maria Quintal, Danielle Agostinho
direção: Sérgio Santiago

quarta-feira, 28 de dezembro de 2016


"Queremos um humano que supere a nossa pouca humanidade"
Aguardem, em 2017, o espetáculo Ensaio sobre O Capital, a nova obra do Arlequins.


sexta-feira, 5 de fevereiro de 2016

Lançamento do Livro Arlequins - um sopro de tempo

Amigxs queridxs, quero agradecer a linda noite de sábado, 20 de fevereiro.

Foi realmente estimuladora. Muita gente, gente querida e feliz pela celebração dos 40 anos Arlequins.

Boas energias percorrendo nossos corpos e palavras carinhosas alimentando nossas mentes e corações.

Rever companheiros de trabalho, grandes parceiros, algumas pessoas não víamos há muito tempo, familiares e amigos que carinhosamente atenderam ao nosso convite foi inspirador. Mesmo aqueles que não puderam comparecer, já que uma chuva torrencial castigou o fim de tarde ou por outros empecilhos, valeu pela intenção manifestada.

Esse livro: Arlequins um sopro de tempo é uma obra construída com carinho e muito desejada, registrar nossa trajetória e compartilhar parte das nossas estórias. Obrigada! Obrigada! Obrigada! com meus companheiros Camila Scudeler, Edson Frank, Marisa Quintal e Sérgio Santiago

por Ana Maria Quintal
_______________________________________________________


______________________________________________________


___________________________________________________________________________________________________


terça-feira, 7 de abril de 2015

Muestra Nacional y Latinoamericana Teatro y Conflicto

La Corporación Colombiana de Teatro (CCT) se unirá a la Cumbre Mundial de Arte & Cultura para la Paz con una importante programación cultural del 5 al 12 de abril.

20 funciones de teatro gratuitas de grupos internacionales (Perú, Ecuador, Cuba, México y Brasil) y grupos nacionales (Cali, Medellín y Bogotá); presentaciones artísticas, 10 polifonías y la participación de 170 artistas, defensores de DDHH, víctimas y representantes de la academia,  constituyen la Muestra Nacional y Latinoamericana: Arte y conflicto, organizada por la Corporación Colombiana de Teatro.

Esta Muestra es parte de la programación de la Cumbre Arte y Cultura para la Paz  organizada por IDARTES, a realizarse en la ciudad de Bogotá en el mes de abril. Grupos emblemáticos del teatro latinoamericano, presentarán obras que indagan en el rostro del conflicto; con puestas en escena que incorporan danza, performance, poesía y artes plásticas.


quinta-feira, 22 de maio de 2014

Os filhos da Dita na Mostra Cepeca - Mogi das Cruzes


Os filhos da Dita - 50 anos do Golpe


IARA – A dialética do mito

Uma montagem do Grupo Arlequins no TEATRO LA MAMA - Colombia

Atuação: Camila Scudeler

Direção: Sérgio Santiago

Dramaturgia: Éjo de Rocha Miranda, Ana Maria Quintal e Camila Scudeler

Sinopse:

Iara foi assassinada. Por uma ditadura que voava alto na América, a do Sul. Militante; companheira de um líder – Lamarca. Portanto uma mirada de gênero. Enterrada como suicida. Mas não morreu. Vive um mito. E como os mitos vivem? Iara em todas as dimensões – não em todas, que seria impossível, mas nas possíveis de se construir – e esse construir significa um diálogo com o espectador e as apresentações. Este trabalho solo pretende-se um espetáculo em constante mutação: queremos que o texto vire a cada apresentação, mas vire quantos graus? Não sabemos... Mas sempre a mudança como elemento do qual o trabalho está prenhe.

SALAS FESTIVAL / RESEÑAS / La Mama


Miércoles 16 de abril

Hora: 7:30 pm
Duración: 70 minutos
General: $12.000
Estudiantes: $8.000
Pasaporte teatral: %20 de descuento